ana.jpg Sou a Ana Barbosa professora à 16 anos no Município de Sapiranga, como alfabetizadora. Adoro ensinar a ler e escrever é uma troca muito gratificante.Ser professora é um desafio contante, pois nunca sabemos tudo e sempre temos novidades para ensinar. Estamos em constante procura de novas maneiras de ensinar, maneiras de aprender e maneiras de tornar nosso aluno mais crítico, questionador e um ser humano mais HUMANO.
Concordo plenamente com a colocação da colega, onde devemos mostrar para nosso aluno que existe um mundo diferente daquele que ele vive, existe um mundo que pode ser diferente, onde ele pode fazer a diferença, com seu trabalho, estudo, esforço...Problemas também terá, mas saberá solucioná-los com clareza e determinação. Sonhar é pra todos, nós educadores devemos deixar sonhar, mas mostrar os caminhos a ser percorrido até esse sonho virar realidade.Isso tudo aprendi entrando na wikistória, lendo os comentários das colegas.
Realmente ler Paulo Freire nos faz ver as coisas de outro jeito.Segundo ele, o educador deve ser um provocador de situações, um animador cultural, onde todos aprendem em comunhão. Ainda segundo ele, ninguém ensina ninguém e as pessoas não aprendem sozinhas. Ler Paulo Freire desacomoda e nos faz pensar: o que estamos fazendo com nossos alunos? Transmitindo conteúdos? Tornando-os cidadãos, libertos das desigualdes e opressões? Estamos preocupados em prepará-los para o mundo? Estamos respeitando nosso aluno,na conquista de sua autonomia?


tn43.jpg
candynha_006.gif
cachoeirinha_é_a_minha_cidade.jpg
cachoeirinha_é_a_minha_cidade.jpg