1.gif

Bom pessoal,e agora o que nós vamos fazer de fato, como tema de casa? À luz do pensamento de Paulo Freire quanto as possibilidades de transformarmos nosso fazer pedagógico para oferecer uma educação melhor e mais democrática aos nossos alunos?
O que devemos mudar, na nossa prática pedagógica?
Que pensamentos deverão nortear nosso fazer em sala de aula, a partir desse nosso pensar a educação? (Stela Maris Arroio do Sal Três Cachoeiras)

mcd5_snoopy00.jpe
1.gif

Devemos enxergar melhor nosso aluno preparando-o para uma sociedade em que ele possa opinar e viver em paz.
Devemos considerar seus saberes tratando-os com afeto e respeito.
Stela é um prazer em participar de tua sala.Concordo com tua fala quando dizes que devemos enxergar melhor nosso aluno.Devemos enxergá-los também com os olhos do coração.Um abraço da colega Maria do Carmo.

1.gif

Acho que é fundamental para a segurança e o desenvolvimento do aluno o respeito. Temos que respeitar suas vivências, seus saberes, seu ritmo, enfim nunca esquecer que cada um é diferente e merece ser visto como tal.
Jú - São Léo.

1.gif

Pois é Stela, pensar e refletir só não basta, precisamos acreditar naquilo que refletimos e assim melhorar nossa prática de professores, como mediadores no ato de ensinar-aprender. O que fazer? Começamos acreditando no que diz Paulo Freire: "ensinar exige a convicção de que a mudança é possível", assim caminhemos para este propósito. (Débora Boff)

1.gif

Pensar a educação não é tarefa fácil, porém prazerosa.
Ver nossa profissão como a mais humana é sempre motivo de gratificação para nós.
Se somos aprendizes de saber sempre, devemos então aproveitar o que de melhor vamos vivenciando como alunas e professoras, e assim fazendo da nossa prática o elo de transformação da nossa sociedade. (Dulce Boff)

1.gif
Como é bom lermos as opiniões de outras pessoas a perceber que pensamos muito parecido, isso na educação é muito bom, pois precisamos e temos necessidade de conversar, de trocar idéias. Devemos também não deixarmos só na conversa ou no papel, temos que concretizar muitos de nossos sonhos e de nossas convicções para termos a certeza de que nosso trabalho e nosso esforço vale a pena. Beijos, Rosimari (Sapiranga).

1.gif
Oi Stela.
Já visitei esta sua sala inúmeras vezes, lendo o que as colegas escreveram, achando tudo muito legal, mais ainda não tinha me animado a escrever também!
Concordo com o que todas colocaram aqui e com minha colega Rosemari: é muito bom saber que partilhamos das mesmas idéias e juntas abraçamos uma mesma causa - a Educação. Também achio que o respeito e o amor são fundamentais na nossa prática pedagógica, pois o saber só se completa com o "como fazer"! Devemos mesmo aproveitar nossas férias descansando, mas também refletindo no nosso "como fazer" em sala de aula e também fora dela. Repensar em nossos acertos e erros passados. Fundamentar nosso próximo ano em uma base sólida, segura, e como a Maria do Carmo colocou lá em cima "enxergar nossos alunos com os olhos do coração" pois como colocou Exupéry no livro O Pequeno Príncipe "O essencial é invisível para os olhos. Só se vê bem com o coração"!
Um abração à todas.
Janete de Sapiranga.

clip_image002.jpg1.gif


Acredito na parceria professor/aluno, o aluno precisa sentir que está desenvolvendo um trabalho em conjnto, que o professor é seu aliado, o professor por sua vez tem que agir com sensibilidade e motivação. É necessário que o professor mostre-se apaixonado pelo conhecimento, que demonstre a seus alunos a ponte que o conhecimento pode ser para uma visão de sociedade mais crítica.O trabalho de educador nãop é fácil, mas é infinitamente gratificante, vemos nosso "produto" crescer a cada dia, nossos olhos se surpreendem com os avanços que são capazes quando bem estimulados.
Gisele Bervig Pead
1.gif
O verdadeiro líder não impõe sua vontade, modela-a. Um professor deve amar sua profissão com um amor inteligente e forte. Inteligente, para reconhecer seus problemas e grandezas; forte, para empenhar-se em prol de seu desenvolvimento e na defesa de sua soberanis.
Deve amar seus alunos, reconhecendo em todos a igual dignidade de pessoas humanas, sem discriminações de raça, origem, condição social, situação econômica, opiniões doutrinais, ideológicas, religiosas, físicas ou mentais.
Se cada um de nós, professores,repensarmos e aplicarmos estes ensinamentos, o caminho para o sucesso já estará meio caminho andado. Suzan P. David. Sapiranga.
1.gif
Gostei do desafio da lição de casa da Stela, e vejo nestas palavras de Paulo Freire um bom começo; ..." na formação dos professores, o momento fundamental é o da reflexão crítica sobre a prática.É pensando a prática de hoje e de ontem que se pode melhorar a próxima prática...Por outro lado, quando mais me assumo como estou sendo e percebo a ou as razões de ser de porque estou sendo assim, mais me torno capaz de mudar, de promover-me, no caso, do estado de curiosidade ingênua para o de curiosidade epistemológica'"....Pedag. da autonomia, 2001, pág.43-44.Loiva.
1.gif
Assim como a Gisele, acredito muito na parceria professor/aluno,às vezes estamos tão atarefados que não paramos para ouvir nossos alunos ou até deixamos que falem ,mas não prestamos atenção naquilo que estão dizendo.Em minha prática procuro estar atenta ao que dizem, respeito seus saberes e suas sugestões.O trabalho torna-se mais rico e prazeroso quando planejado e compartilhado por todos. Valorizar as habilidades e competências de cada um aproveitá-las a cada novo projeto desenvolve auto-estima e autonomia.Desta forma aprendem a interagir, a socializar e atuar em sociedade.
Abraços
Sheila,São Leopoldo.
1.gif

Colegas, que ótimo espaço para refletir sobre nossa prática docente !!! Parabéns para quem teve esta bela idéia.Para pensar em educação é preciso valorizar o ser humano e não esquecer que todos somos particularmente diferentes, não é só o professor que detém conhecimento, mas o aluno pode nos trazer muitos saberes.E como diz Paulo Freire em seu livro Pedagogia da Autonomia (1996 página 25)"Quem ensina aprende ao ensinar e quem aprende ensina ao aprender". Foi muito bom participar com vocês nesta sala. Bjs da colega Jane Lamera - Pólo de Gravataí


1.gif

Refletir sobre nossos saberes e manter nosso olhar diferenciado sobre os saberes dos outros. Eis o segredo do nosso caminho. Levando muito amor no coração. Sou Sandra Oliveira, de São Leopoldo. Um beijo!!!!!!!!!

1.gif