Olá colegas... Sou Patrícia Cemin Azevedo Rosso,tenho 34 anos,sendo que destes 18 anos são dedicados a Educação. Iniciei e estou até hoje trabalhando na mesma Escola,Escola Municipal de Ensino Fundamental Bom Jesus,na cidade de Gravataí. Já tive várias séries :de Pré-escola a 7ª série,pois cursava Ciências,mas sempre me identifiquei e muito com as séries iniciais,pois acredito que dos pequenos alunos sempre encontramos respostas para nosssos anseios de cada dia. Quando iniciei no magistério nunca tive dúvidas daquilo que realmente gostaria de seguir. Problemas, nós como educadores enfrentamos todos os dias, é incrível que poderíamos passar horas escrevendo os mais diversos problemas que ocorrem em nosso meio educacional quase todos os dias. A minha Escola é acolhedora, receptativa e estímula professores a trabalharem de forma a incentivar os alunos para o " querer" aprender. Sempre realizamos projetos interdisciplinares,algumas vezes estes projetos envolvem todos os segmentos da comunidade escolar,o que nos torna cada vez mais próximos da realidade de nossos alunos. Realizamos quinzenalmente reuniões para formações ou avaliações de nossos trabalhos individualmente ou enquanto grupo. Atualmente tenho uma primeira série (Ensino Fundamental de 9 anos) que chegaram a escola muito novinhos, e hoje ao olhar para trás vi o quanto ajudei e fui ajudada por meus alunos,eram crianças que na época tinham idade média de 6 anos,tão pequenos e com grandes expectativas. Buscavam na escola um espaço que fosse a extensão de sua casa,mas com objetivos diferenciados. Acredito que fiz ,e ainda faço um trabalho super legal,criativo e dinâmico(até por que com crianças não poderia ser diferente),conheço muito bem a realidade de cada aluno meu, sei onde vivem,o que gostam,quem são os pais (quando os têm).É uma turminha carente financeiramente,mas rica em afeto e disponibilidade em participar e aprender,sempre trazem novidades para a sala de aula,então aproveito para trabalhar. Sei que ser professor hoje em dia não é tarefa fácil ou fantasiosa,mas ser professor para mim significa despertar no aluno o interesse pelo aprender,a vontade de vir para a escola, a alegria de participar das brincadeiras, ter aquela saudade da escola quando estão em férias... Enfim tarefas que parecem tão simples,mas ao mesmo tempo hoje em dia estão sendo deixadas de lado e pensando muito nos conteúdos,conceitos,avaliação... E o tempo do aluno? Também é muito necessário parar para pensar,pois às vezes nos envolvemos tanto que acabamos por esquecer que cada criança é um ser individual,com muitas diferenças e precisam igualmente de nossa ajuda, e precisamos ter capacidade e "força" para ajudá-los. Senão qual seria o papel do professor? Passar conteúdos ou agir como tutor ,levando os alunos a pensarem,pois a vida vai exigir que eles pensem e tomem decisões e para isso precisamos prepará-los para que escolham o melhor caminho a seguir neste mundo cada dia mais difícil de viver,não cito isso para parecer utópica,mas por ver que a realidade que os espera é difícil,dura e penosa.E eu não gostaria de ver daqui há alguns anos meus alunos desistindo da escola,mas como muitos que ainda hoje encontro pelas ruas,casados,solteiros ,trabalhando,estudando... mas felizes e me falam assim: ---"Lembra de mim ?Tive aula contigo! Acho emocionante reconhecer e lembrar disso tanto da parte dos alunos quanto da minha parte,pois acredito que de alguma maneira fiz parte da vida daquela criança,e por isso um professor é tão importatnte.


Type in the content of your new page here.